*
 

A poucos dias da data em que completam 15 anos – na próxima segunda-feira (17/9) –, as gêmeas siamesas Lorena e Letícia da Silva Santos conseguiram colaboradoras para realizar o grande desejo delas e vão ganhar festa de debutante.

O sonho da dupla de ter um aniversário com direito à troca de vestidos, a bolo e à valsa foi compartilhado pela prima e proprietária de um salão de beleza no Riacho Fundo I Naiane da Silva Santos, 28 anos, em grupos fechados do Facebook. A postagem mobilizou pessoas que, tocadas pela história, decidiram proporcionar às adolescentes uma festa digna de princesas.

Naiane conta que, após reportagens e publicações nas redes sociais, pessoas de todo o DF mandaram mensagens querendo ajudar as meninas. Com o apoio, foi possível arrecadar fundos e o evento será realizado no salão Espaço Panorama, no Lago Norte, às 19h de segunda (17).

Buffet, bolo, doces, ornamentação, guloseimas, lembrancinhas, DJ e até um “ônibus balada” foram conseguidos por meio da solidariedade de diversos brasilienses.

Faltam ainda os vestidos curtos que serão usados pelas irmãs durante o evento e um ônibus convencional para levar os convidados ao espaço. A maioria deles mora em Samambaia.

As duas vão usar vestidos longos durante o baile e pretendem receber os curtos para que possam trocar no decorrer da festa. Lorena quer usar azul e Letícia, rosa claro ou vermelho. Elas irão se arrumar no salão da prima.

Para Naiane, o sentimento agora é de ansiedade e gratidão. De acordo com a jovem, as gêmeas não teriam essa oportunidade se não tivessem recebido toda essa ajuda. As adolescentes estão muito felizes e aguardando com muita empolgação o grande dia.

Assista ao vídeo que o Metrópoles gravou com as meninas e veja galeria de fotos:

Memória
Lorena e Letícia nasceram unidas pela região umbilical em 17 de setembro de 2003, no Hospital Regional de Taguatinga (HRT). À época, a história ganhou destaque no Distrito Federal. As duas viraram xodó do berçário do Hospital de Base do DF (HBDF), onde a cirurgia para separá-las foi realizada com sucesso. Receberam doações de fraldas, berços, brinquedos e caixas de leite.

A vida seguiu sem sequelas para as duas meninas, mas repleta de dificuldades. Elas dividem um quarto e sala com a mãe, a dona de casa Maria José da Silva Santos, 36; e dois irmãos, Miquéias, 16, e Oséias, 13, em Samambaia.

Orgulhosa, a mãe das gêmeas se emociona ao lembrar do dia do nascimento das filhas. “Carrego todas as recordações comigo. Tive medo de perdê-las. Desejo que as minhas meninas tenham tudo o que não tive. Faltou oportunidade para estudar e vejo o esforço dos meus filhos para se tornarem alguém na vida”, diz.

A renda da casa vem apenas do benefício mensal do Bolsa Família, além de bicos como faxineira que Maria José faz vez ou outra. “Jamais teria condições de patrocinar uma festa dessas. Dinheiro nunca sobrou na nossa casa, e continua difícil. Eu iria só cortar um bolo, mas, se elas sonham com esse momento, nós vamos tentar realizar”, acrescenta.

Quem quiser e puder ajudar as meninas conseguindo o que ainda falta para a festa de 15 anos, pode entrar em contato com a prima Naiane Silva, via Facebook ou pelo telefone (61) 98169-4190.