*
 

Os servidores da Companhia Energética de Brasília (CEB) aceitaram proposta do órgão e encerraram a greve iniciada na segunda-feira (3/12). A decisão de pôr fim à paralisação ocorreu em assembleia nesta terça (4).

Os profissionais acreditam que a judicialização da greve poderia ocasionar a perda de pontos de reivindicação conquistados durante a negociação, de acordo com o Sindicato dos Urbanitários no Distrito Federal (STIU-DF).

A oferta acatada prevê pagamento de um tíquete natalino de R$ 2.860, ressarcimento de 50% das despesas ortodônticas e abono dos dias em que os trabalhadores cruzaram os braços.

O reajuste salarial será de R$ 337,65, o que corresponde a 100% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O pagamento será distribuído de forma linear para todos os servidores do órgão.

A categoria pleiteava a ampliação da proposta, o que não ocorreu. “A categoria requer ao menos o pagamento de um abono especial temporário”, destacou o dirigente da entidade, Alaiton Faria, na manhã desta terça-feira (4).

Segundo o STIU-DF, os profissionais que trabalham em escala voltaram às atividades às 19h desta terça. Os demais retomam as atividades na quarta-feira (5). (Com informações do STIU-DF)