Sem febre, 1ª infectada com coronavírus no DF apresenta melhora

A mulher de 52 anos está internada no Hran e seu estado de saúde ainda é gravíssimo. Porém, nesta sexta houve progresso no quadro clínico

atualizado 27/03/2020 19:39

Após apresentar febre e piora no quadro clínico ao logo da semana, a primeira mulher a ter o coronavírus diagnosticado no Distrito Federal apresentou discreta melhora de saúde nesta sexta-feira (27/03). Segundo boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, a paciente está sem febre.

A advogada de 52 anos continua internada em isolamento na UTI do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), em estado gravíssimo, em coma induzido e respirando por aparelhos. Ela apresenta síndrome respiratória aguda severa e comorbidades que agravam a situação.

Segundo informações da pasta, a paciente está sob cuidados intensivos da equipe multidisciplinar e tem todo suporte técnico-científico.

O DF tem hoje 242 casos confirmados da doença. Nesta sexta-feira foi registrada a primeira morte em decorrência das complicações provocadas pelo novo coronavírus no Distrito Federal.

A primeira vítima no DF é um homem, que veio do assentamento na Rota do Cavalo e deu entrada na UPA de Sobradinho com quadro de desconforto respiratório e febre.

Últimas notícias