Zé Galinha, suspeito de triplo homicídio em bar do DF, é preso no Paraná

José Carlos Pereira de Sousa estava foragido pelo crime cometido em 2016. Das três vítimas, uma era adolescente grávida

atualizado 06/08/2020 15:55

Em uma ação conjunta, policiais civis da 6ª DP e do Paraná (PCPR) prenderam, na manhã desta quinta-feira, suspeito de ter cometido triplo homicídio no Paranoá, em 2016. José Carlos Pereira de Sousa, vulgo Zé Galinha (foto principal), estava foragido desde novembro daquele ano. O homem estava em território paranaense.

Na época, motivado por ciúmes da ex-companheira, o suspeito tinha a intenção de executar Wesley Vitorino, então com 24 anos. Ao encontrá-lo num bar, Zé Galinha teria efetuado vários disparos com arma de fogo.

Ele atingiu, além de Wesley, Clênio Carlos de Almeida, 36, proprietário do bar, e uma adolescente de 16 anos de idade, que estava grávida de 9 meses na ocasião.

A criança não sobreviveu.

0

No fim do ano passado, a delegacia chegou a oferecer R$ 10 mil para informações que levassem ao paradeiro do acusado. Agora, após a apreensão de Zé Galinha, ele será transferido para Brasília em voo fretado pela PCDF, onde cumprirá mandado de prisão enquanto aguarda julgamento.

Últimas notícias