Três pessoas foram assassinadas no DF nesta quinta-feira (27/12)

Em um dos casos, suspeito é ex-inquilino. Em outro, vítima e acusado bebiam em um bar e teriam se desentendido

atualizado 27/12/2018 16:03

O Distrito Federal registrou pelo menos três homicídios nesta quinta-feira (27/12). Um deles ocorreu no Setor de Oficinas (SOF) Norte pela manhã. A vítima é dono de um imóvel, e o acusado, seu ex-inquilino. Os outros dois assassinatos ocorreram em Vicente Pires e no Itapoã.

Segundo informações da Polícia Militar, um homem de 45 anos foi morto a facadas durante uma discussão em bar da Quadra 2, Conjunto M, do Itapoã. Os dois estariam bebendo juntos e conversando, quando o suspeito, identificado Antônio Marcos Fernandes de Souza, usou uma faca para agredir e matar Edvaldo Santos da Conceição.

Antônio Marcos foi preso e levado para a 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá). Em Vicente Pires, um homem foi morto com três tiros na Rua 10, na tarde desta quinta (27).

A discussão entre um homem de 37 anos e seu ex-inquilino também terminou em morte. Wagner Salustiano de Souza foi esfaqueado e não resistiu aos ferimentos. O crime ocorreu no SOF Norte.

O óbito foi constatado no local pelos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O Corpo de Bombeiros também foi acionado. Ainda não se sabe o que motivou o desentendimento.

Reprodução/WhatsApp
A PM procura o suspeito do assassinato ocorrido na Quadra 4, Conjunto G, em frente a uma loja que vende óleo para carros. O homem tem 42 anos e se chama José Mário Guimarães (foto acima). Por volta das 10h50, o corpo e a faca usada no criem ainda estavam no local à espera da perícia da Polícia Civil.

O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte). O assassinato à luz do dia foi cometido na presença de testemunhas.

Segundo o Metrópoles apurou, José Mário vivia nos fundos da loja da vítima. Ele foi despejado judicialmente e montou uma barraca na frente da oficina de Wagner, onde passou a viver. Nesta quinta (27), os dois teriam se desentendido e José Mário teria dado vários golpes de faca no proprietário do imóvel.

Últimas notícias