Pedófilo fingia ser criança na web e pedia fotos nuas de vítimas

Suspeito usava fotografias de garotos para iniciar conversas com crianças e adolescentes. PCDF prendeu o criminoso em Ceilândia

Michael Melo/Metrópoles

atualizado 18/02/2020 13:19

A 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) deflagrou, na manhã desta terça-feira (18/02/2020), a Operação Harasser e prendeu em flagrante um homem que assediava crianças e adolescentes pelas redes sociais. O suspeito – um senhor de 54 anos – foi encontrado em Ceilândia.

De acordo com a PCDF, o criminoso usava fotografias de garotos para iniciar conversas de texto com crianças e adolescentes do sexo feminino. Ele tinha como objetivo induzi-las a se exibirem em vídeos e fotografias de forma pornográfica ou sexualmente explícita.

Durante buscas feitas na residência do suspeito, o homem foi flagrado armazenando fotografias e vídeos com cenas de pornografia infantil em um celular e tablet.

Momentos antes de sua prisão, realizada por volta das 6h desta terça-feira (18/02/2020), o criminoso havia iniciado conversas de texto com sete adolescentes e estava tentando convencer duas delas a mandarem fotografias e vídeos de seus órgãos genitais.

Se condenado, o investigado pode pegar de 1 a 4 anos de prisão. Os policiais identificaram que o homem tinha diálogos semelhantes com outras dezenas de vítimas.

A PCDF informou que a identidade e a imagem do criminoso não serão divulgadas em atenção à Lei de Abuso de Autoridade. Como a prisão foi em flagrante, o homem será encaminhado para a audiência de custódia.

Últimas notícias