PCDF prende homem que espancou e jogou motorista de app no rio

Durante buscas na casa do suspeito, no Sol Nascente, os policiais encontraram uma espingarda calibre .12 de fabricação caseira

PCDF/Divulgação

atualizado 22/11/2019 8:43

Policiais civis da 23ª DP (P Sul) prenderam, na manhã desta sexta-feira (22/12/2019), um homem suspeito de participar da tentativa de latrocínio contra um motorista de aplicativo. A ação da PCDF foi batizada de Operação Táxi Driver.

O crime ocorreu em 15 de setembro deste ano. De acordo com o delegado-chefe adjunto da 23ª DP, Maurício Iacozzilli, Wanderson Araújo Rodrigues (foto principal), 20 anos, ao lado de mais três comparsas – ainda não identificados, rendeu a vítima com uma faca. Enquanto espancavam o motorista, pediam a senha do cartão bancário.

“Após as agressões, amarram a vítima e jogaram em um rio no Sol Nascente, perto da Cachoeirinha. Por sorte, ele conseguiu se desamarrar, nadar e pedir socorro. Os criminosos roubaram o carro, dinheiro, celular e fizeram diversas compras no cartão”, detalhou o investigador.

Há suspeita de que o grupo tenha cometido crimes semelhantes na região. Durante buscas na casa do acusado, no Sol Nascente, os policiais encontraram uma espingarda calibre .12 de fabricação caseira, 20 munições calibre .22, uma balança de precisão e a faca utilizada na tentativa de latrocínio.

0

Wanderson Rodrigues estava dormindo quando os policias entraram na residência. Ele não reagiu à prisão. As investigações continuam para identificar e prender os demais criminosos que participaram do crime.

Últimas notícias