Pastor do DF é acusado de estupro contra adolescente de 13 anos

Crime teria ocorrido na sexta-feira (06/03), em área rural de Santa Maria. Caso é investigado pela 33ª DP

atualizado 09/03/2020 18:21

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga uma denúncia de estupro de vulnerável apresentada contra um pastor de Santa Maria. A vítima é uma adolescente de 13 anos. O caso é investigado pela 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria).

O episódio aconteceu na última sexta-feira (06/03). Segundo fontes ouvidas pela reportagem, a vítima foi levada pelo pastor até uma área rural da cidade para ser aconselhada. O encontro teria sido solicitado pela mãe da adolescente, que estava preocupada com o comportamento da menina.

No caminho para o local, o religioso teria começado a assediar a garota, passando a mão em seu corpo. A vítima disse ter sido beijada na boca e no pescoço pelo pastor, sem o consentimento dela.

Assustada, a garota chegou a pedir que o religioso parasse e o empurrou. Após o crime, o suspeito ainda levou a menina para lanchar em um shopping de Santa Maria e a deixou de volta em casa. Quando chegou na residência, a jovem relatou o episódio à mãe, que procurou a 33ª DP para registrar ocorrência.

Procurado pelo Metrópoles, o delegado Alberto Rodrigues afirmou que a unidade policial já instaurou inquérito para apurar a denúncia. “A vítima será ouvida mediante a técnica de depoimento especial, em conformidade com a legislação. As investigações estão em andamento”, afirmou.

Estupros

Em 2019, foram registrados 666 casos de estupro no DF, 390 contra vulneráveis (59,5%). O número é menor que o de 2018, quando foram investigados 725 abusos. Desses, 440 envolveram crianças e adolescentes.

Em toda a capital federal, houve 45 estupros neste ano, segundo o último balanço da Secretaria de Segurança Pública. No mesmo período de 2019, foram 55 registros dessa natureza.

Últimas notícias