Homem que morreu após correr ensanguentado foi atacado por ciúmes

Vítima teria assediado a mulher do criminoso e, por isso, foi esfaqueada, segundo relato do acusado. Caso ocorreu no Recanto das Emas

Giovanna Bembom/MetrópolesGiovanna Bembom/Metrópoles

atualizado 04/11/2019 17:13

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por intermédio da 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), prendeu um homem suspeito de assassinar a facada um desafeto no último sábado (02/11/2019). De acordo com o delegado-chefe da unidade policial, Pablo Aguiar, o crime ocorreu após os dois discutirem nas proximidades de um bar da Quadra 404 do Recanto das Emas.

A vítima foi identificada como Angenor Mendes da Câmara, 31 anos. Segundo Aguiar, o crime ocorreu por volta das 10h, quando Angenor saía para comprar pão. “O autor alega que a vítima mexeu com a mulher dele. O suspeito estava bebendo com amigos de manhã, encontrou o desafeto, discutiram e ele foi esfaqueado no pescoço”, explica.

Após ser esfaqueado, Angenor correu pelas ruas do Recanto das Emas em busca de ajuda. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O suspeito tem 37 anos e foi preso em flagrante nesta segunda-feira (04/11/2019), se escondendo em uma residência do Pistão Norte. Ele já possuía passagens pelos crimes de furto, roubo e estelionato.

Últimas notícias