Homem é esfaqueado em forró no Distrito Federal

O caso foi registrado como possível tentativa de latrocínio na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga)

atualizado 09/03/2020 9:01

Um homem de 56 anos foi esfaqueado na noite desse domingo (08/03) em Taguatinga. A vítima estava em um local chamado “Forró da Chiquinha”, no Setor M Norte, quando foi ferida na região do tórax. O caso foi registrado como tentativa de latrocínio na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro).

O fim de semana na capital federal foi marcado por crimes violentos. Entre eles, um homicídio, na madrugada desta segunda-feira (09/03), na Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB). O crime ocorreu por volta das 0h20, próximo à passarela, no sentido Riacho Fundo. A vítima foi atingida por golpes de faca.

Igor Alves Viana, 29, foi encontrado com uma perfuração no abdômen e em parada cardiorrespiratória. Ele chegou a ser socorrido pelos bombeiros e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que iniciaram a reanimação cardiopulmonar. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu.

O local ficou aos cuidados da Polícia Militar do DF (PMDF). O crime é investigado pela 21ª Delegacia de Polícia (Pistão Sul). Até o momento, nenhum suspeito foi identificado.

Rodoviária

Um estudante universitário de 28 anos foi assassinado com uma facada no peito na madrugada de sábado (07/03), na plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto.

Márcio Ribeiro Rocha Júnior e a namorada tinham acabado de sair de uma casa de festa conhecida como Birosca, no Setor de Diversões Sul (Conic), e chamaram um transporte por aplicativo.

Segundo o cunhado da vítima, Thales Araújo, que também estava no evento, como o motorista não estava conseguindo encontrá-los, o casal decidiu ir para perto da Rodoviária, a fim de facilitar a localização.

Já perto do terminal, os dois foram abordados por pelo menos três bandidos que levaram os celulares do casal. De acordo com Thales, mesmo sem reagir, Márcio foi atingindo no lado esquerdo do tórax.

Estatísticas

As estatísticas da Secretaria de Segurança Pública mostram que o número de ocorrências de latrocínio dobraram neste ano. A comparação é entre os dois primeiros meses de 2019. No ano passado, foram quatro registros de crimes consumados e 25 tentativas. Em 2020, os números passaram para nove e 27, respectivamente. Confira o último balanço divulgado pela pasta na tabela abaixo.

SSP-DF/Divulgação
Dados da Secretaria de Segurança Pública
Últimas notícias