*
 

Policiais da 9ª Delegacia de Polícia (Lago Norte) prenderam nesta quarta-feira (20/9) dois homens acusados de aplicar o “golpe do cartão clonado” em idosos moradores da região.

Segundo as investigações, um deles se passava por operador de telemarketing e ligava para a vítima perguntando se ela reconhecia uma compra no seu cartão. Com a negativa, explicava que o cliente deveria escrever uma carta de próprio punho não reconhecendo a compra e solicitando o cancelamento do cartão à operadora.

Na mesma ligação, eram solicitados os dados das vítimas, bem como orientado a fornecerem o cartão quebrado ou não junto com a carta a um motoboy que passaria na residência.

Depois de pegar o plástico e o documento, os estelionatários da associação criminosa passavam o cartão em máquinas de alguns comerciantes de boa-fé, outros não, de forma rápida, antes que o golpe fosse descoberto pelas vítimas.

Após o registro de várias ocorrências de vítimas idosas do Lago Norte, iniciou-se uma investigação minuciosa que culminou com a identificação da associação de criminosos. Foi descoberto que os estelionatários também agiam em outras regiões do DF.

Na operação, batizada de Target, foram presos o estelionatário que bolava o golpe e repassava os cartões das vítimas e o motoboy.

 

 

COMENTE

Lago NortePCDFgolpe do cartão clonado
comunicar erro à redação