DF: jovem foi esfaqueado por amigo ao se recusar a desbloquear celular

Vítima bebia com o suspeito em bar de Samambaia quando ocorreu o desentendimento, na noite dessa terça-feira (13/08/2019)

ISTOCKISTOCK

atualizado 14/08/2019 18:58

A Polícia Civil (PCDF) prendeu Gleidson Heberth Gonsalves de Sousa, 20 anos, horas após o assassinato de Felipe dos Reis Souza Garcia, 21. Segundo o relato da mãe da vítima aos investigadores, os dois bebiam juntos na noite dessa terça-feira (13/08/2019), em um bar na QN 314 de Samambaia, quando teriam se desentendido por um motivo fútil: Felipe se recusou a desbloquear o próprio celular e Gleidson, então, o esfaqueou.

“Ainda não saiu o resultado da perícia, mas, aparentemente, pelo que a mãe da vítima disse, eles estavam sob efeito de álcool e Rohypnol. O suspeito estava tão desnorteado que, na manhã desta quarta [14/08/2019], nem sabia por que estava preso”, relatou o delegado de plantão da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte), Reginaldo Araújo.

Tanto Felipe como Gleidson já tinham passagens pela polícia. “A vítima, por injúria, Lei Maria da Penha, ameaça e dano. O autor, por tráfico de drogas e roubo”, acrescentou o delegado.

Ainda conforme Araújo, Gleidson responderá por homicídio qualificado e, caso seja condenado, pode pegar pena de 12 a 30 anos de prisão.

Na noite do crime, socorristas do Corpo de Bombeiros foram acionados, mas, quando chegaram para prestar atendimento, o jovem já não apresentava sinais vitais.

Últimas notícias