DF: adolescente do PCC fingia ser funcionário de banco para aplicar golpes

Suspeito foi apreendido quando tentava fazer nova vítima, no Lago Sul

atualizado 19/08/2020 23:11

Material apreendidoPMDF/Divulgação

Um adolescente foi apreendido no Lago Sul, nesta quarta-feira (19/8), acusado de fingir ser funcionário de um banco para aplicar golpes em moradores da região.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), o jovem pedia às vítimas que o entregassem seu cartão do banco.

Desconfiada, uma das moradoras alertou a PMDF e forneceu a descrição do suspeito. O adolescente foi apreendido em flagrante no momento em que chegava na casa de uma das vítimas para pegar o cartão de crédito.

Aos policiais, o jovem confessou ser integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC). No veículo usado pelo suspeito, a PM localizou 11 máquinas de cartão de crédito, crachás falsificados de instituições bancárias, além de diversos cartões de banco com nomes distintos.

Ele disse que recebia, em média, R$ 3 mil por semana para aplicar os golpes. Ele é de São Paulo e estava hospedado em um hotel do Sudoeste, onde os miliares encontraram mais cartões de crédito.

0

 

 

Últimas notícias