*
 

Uma menina de 13 anos foi encontrada pela Polícia Militar, na madrugada desta segunda-feira (9/7), próximo a uma fábrica, no Polo JK, em Santa Maria. Ela estava assustada, pois havia presenciado uma briga entre a mãe e o padrasto. Durante a confusão, ela fugiu de casa.

A garota contou aos policiais que, enquanto o padrasto batia na mãe dela, ela saiu correndo para rua e pegou carona com um desconhecido.

A menina relatou que o homem a levou para o Polo JK e tentou estuprá-la. A vítima conseguiu fugir e disse que iria se abrigar na porta de uma empresa, onde passaria a noite. Mesmo com suspeita de estupro, a criança não foi levada para a delegacia.

A PM justificou que “não havia indícios de materialidade, ela não sabia placa, modelo e cor do carro. A menina, inclusive, queria dormir na rua, ou seja, não aparentava nenhum sinal de que havia sofrido tentativa de estupro. Os policiais querendo levá-la à delegacia para registro da tentativa e ela sempre voltava para briga dos pais”, respondeu o Centro de Comunicação Social da corporação.

Os policiais militares levaram a menor para a casa da avó. A mãe foi orientada a registrar ocorrência, uma vez que o agressor não estava mais no local quando a PM chegou.