Coronavírus impediu que estuprador fugisse do DF para a França

Condenado por abusar do próprio filho, homem veio à capital com intenção de fugir para Europa, mas voo foi cancelado e ele acabou preso

atualizado 01/04/2020 17:35

Um homem de 34 anos foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (01/04), acusado de estuprar o próprio filho, que tinha apenas 1 ano e 3 meses na época do crime. O fato aconteceu em 2013 e o suspeito estava foragido desde então.

De acordo com investigadores da 14ª Delegacia de Polícia (Gama), o homem já tinha mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça do Piauí, onde ocorreu o crime.

Ele teve a prisão decretada em 2018, mas teria fugido do local na época da decisão e nunca chegou a cumprir pena pelo crime. Ele estava no Distrito Federal e planejava fugir para a França, segundo a Polícia Civil (PCDF).

Ainda segundo os investigadores, a pandemia do novo coronavírus, que gerou o cancelamento de vários voos nacionais e internacionais, frustrou o plano do criminoso.

Após serem comunicados do paradeiro do foragido, agentes da 14ª DP foram até o local onde ele estava abrigado e o prenderam em flagrante.

Últimas notícias