Após troca de tiros, grupo que roubava Rolex é preso no Lago Sul

Bando é de São Paulo e, desde 2019, vinha a Brasília para cometer os crimes. Os alvos eram empresários e pessoas de alto poder aquisitivo

atualizado 16/01/2020 14:49

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Policiais da Divisão de Repressão a Sequestro (DRS), da Polícia Civil do Distrito Fedeal (PCDF), prenderam em flagrante, nesta quinta-feira (16/01/2020), três criminosos que pertencem a uma quadrilha especializada em roubos de relógios da marca Rolex. Os suspeitos foram surpreendidos no momento em que se preparavam para um roubo próximo ao shopping Deck Sul, no Lago Sul. Um dos assaltantes reagiu, trocou tiros com os agentes e ficou gravemente ferido. Ele foi encaminhado ao Hospital de Base do DF (HBDF).

A arma usada pelo suspeito no tiroteio foi apreendida. Segundo a polícia, o armamento é o mesmo utilizado em roubos cometidos no ano passado. Nesta manhã, os policiais identificaram dois criminosos em um Jeep Compass. O veículo foi apreendido. O homem que reagiu à abordagem estava em uma moto. As investigações o apontam como responsável por seguir e render os alvos. Os demais prestavam apoio.

Nessa quarta-feira (15/01/2020), a quadrilha fez uma nova vítima. Dessa vez, perto de um hospital particular localizado no fim da Asa Sul. Eles levaram um Rolex de um médico.

Ainda de acordo com as investigações, o bando é de São Paulo e, desde o ano passado, costumava vir a Brasília para cometer os crimes, a maior parte, durante o dia. Os alvos eram empresários e pessoas de alto poder aquisitivo. Uma das ações criminosas foi divulgada em primeira mão pelo Metrópoles, em dezembro de 2019. Na ocasião, os bandidos renderam dois empresários na garagem privativa de um shopping localizado no centro de Brasília.

De acordo com informações prestadas aos investigadores, as vítimas tinham saído do Aeroporto Internacional de Brasília e foram seguidas pelo assaltante, que estava em uma moto, até um estacionamento na Asa Sul. O homem fugiu levando um relógio da marca Rolex, que foi recuperado pela polícia.

0

A ação que ocorreu na manhã de 13 de dezembro foi gravada por câmeras de segurança do estabelecimento comercial. Nas imagens, é possível ver o bandido na moto aguardando as vítimas em uma das rampas da garagem.

O ladrão usa roupa de manga longa, colete e capacete. Quando os empresários passam, são rendidos e roubados. O homem foge na moto em alta velocidade.

Um relógio da marca Rolex chega a custa 43 mil euros, ou cerca de R$ 200 mil.

Veja vídeos do roubo:

Últimas notícias