Segundo “Dia D” da vacinação no DF tem adesão 40% menor que 1º mutirão

De acordo com dados da Secretaria de Saúde, foram 7.078 doses aplicadas entre D1, D2 e D3

atualizado 01/12/2021 19:07

O segundo Dia D da imunização contra a Covid-19 no Distrito Federal, ocorrido no último sábado (27/11), teve 7.078 doses aplicadas. O número é 40% menor do que o registrado no primeiro mutirão realizado pela Secretaria de Saúde, no dia 20, quando mais de 11 mil pessoas receberam a vacina.

Conforme dados da própria pasta, foram aplicadas 745 primeiras doses (1.259 a menos que no Dia D anterior); 4.235 segundas doses (2.807 a menos) e 2.098 doses de reforço e adicionais (636 a menos).

Desta vez, a ação englobou a Rodoviária do Plano Piloto, a Feira Central de Ceilândia e mais nove unidades básicas de saúde, que atenderam das 8h às 17h.

Segundo dados do Vacinômetro do DF, atualizado pela própria Saúde, são cerca de 300 mil pessoas aptas a iniciarem o ciclo de imunização que ainda não procuraram postos de saúde.

Questionada pela reportagem para saber se haverá mudança de estratégia, a pasta não havia respondido até a publicação desta matéria.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0
 “Grande decepção”

O governador Ibaneis Rocha (MDB) classificou, na última semana, o primeiro Dia D da vacinação contra Covid-19, como uma “grande decepção”.

“Para mim, foi uma grande decepção. Temos um grande número de pessoas que não tomaram a segunda dose e deveriam buscar os postos de atendimento. Infelizmente, o número foi abaixo da expectativa, e vamos continuar trabalhando, tentando buscar esse público para vacinar e fechar o ciclo de imunização para que possamos também avançar nas demais medidas de abertura”, comentou.

Mais lidas
Últimas notícias