Secretários de Saúde do DF e GO estudam fluxo regulatório de pacientes

Em reunião, titulares da Saúde das duas unidades da Federação discutiram estratégias de enfrentamento à Covid-19

atualizado 23/02/2021 22:39

pessoas numa mesaBreno Esaki/Agência Saúde-DF

A reunião entre os secretários de Saúde do Distrito Federal e de Goiás, realizada na noite desta terça-feira (23/2), serviu para alinhar estratégias de enfrentamento à Covid-19, entre as duas unidades da Federação.

O encontro discutiu um pacto para iniciar um novo fluxo regulatório entre as redes de saúde, especialmente no atendimento de urgência e emergência, da capital do país com os municípios goianos do Entorno.

O novo fluxo terá ênfase na Região de Saúde Sul (Gama e Santa Maria), que é a mais próxima das cidades de Luziânia, Valparaíso, Cidade Ocidental, Jardim Ingá e Novo Gama.

mapa de gravidade da covid-19 em goiás
Mapa de gravidade da Covid-19 em Goiás divulgado na última quarta-feira (17). Coloração varia conforme a gravidade

Na primeira etapa, será construído um projeto piloto. Segundo o secretário-adjunto de Assistência à Saúde do DF, Petrus Sanchez, a implementação definitiva do novo fluxo tende a maximizar a oferta de leitos aos pacientes brasilienses e goianos.

A situação sanitária e as medidas restritivas que vêm sendo adotadas para frear o contágio pelo novo coronavírus estiveram na pauta da reunião. Para Sanchez, DF e Goiás devem ter uma política própria sobre o enfrentamento ao vírus, a despeito da proximidade geográfica.

O secretário de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, destacou a importância do diálogo entre as duas capitais na organização da rede de urgência e emergência, bem como de fluxos ordenados.

0

 

Últimas notícias