O primeiro dia do ano começou com confusão no Hospital Regional de Taguatinga (HRT). A Polícia Militar foi acionada para conter um homem, morador de Águas Lindas (GO), Entorno do DF, que não conseguiu atendimento imediato para a mulher na manhã desta terça-feira (1°/1). Revoltado, ele chutou e quebrou a porta de um consultório.

A direção do HRT alegou que a paciente aguardou por aproximadamente 20 minutos para ser atendida, pois a equipe prestava assistência a uma grávida em trabalho de parto.

“Apesar do incidente, o atendimento transcorreu normalmente. Ela foi medicada e recebeu alta às 10h35”, disse a pasta por meio de nota. O homem foi conduzido à delegacia onde foi arbitrada fiança de R$ 500.