*
 

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) abre oficialmente, nesta Quarta-Feira de Cinzas (14/2), a Campanha da Fraternidade 2018, com o tema “Fraternidade e superação da
violência”. A cerimônia ocorrerá na sede da CNBB, na 905 Norte, às 10h. O evento contará com a participação da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia.

Todos os anos, a CNBB apresenta a Campanha da Fraternidade como caminho de conversão quaresmal, período de 40 dias no qual a Igreja Católica convida os fiéis a praticar a oração e o jejum até o domingo de Ramos.

Segundo a CNBB, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), apesar de possuir menos de 3% da população do planeta, o Brasil corresponde por quase 13% dos assassinatos. A pesquisa aponta também que, em 2014, o país chegou ao topo do ranking, com o número absoluto de homicídios. Foram no total 59.627 mortes.

“A superação da violência, condição para uma sociedade e cultura da paz, exige comprometimento e ações envolvendo a sociedade civil organizada, a igreja e os poderes constituídos para a formulação de políticas públicas emancipatórias que assegurem a vida e o direito das pessoas em uma sociedade e cultura de Paz”, afirmou o secretário-executivo da campanha, padre Luís Fernando da Silva.