*
 

O desabamento de um viaduto no Eixão Sul vai alterar a rotina dos maiores e mais tradicionais blocos de Carnaval da cidade. Os percursos do Galinho de Brasília, do Raparigueiros e do Baratona serão mudados para preservar a segurança dos foliões e evitar um colapso no trânsito em função do isolamento da área afetada pelo incidente.

A concentração do Galinho tradicionalmente ocorre no Setor de Autarquia Sul. Por causa da proximidade do local do acidente, o Governo do Distrito Federal (GDF) anunciou que chamará a direção do bloco a fim de estudar um novo lugar para agrupar os foliões. O Galinho sairá sábado (10/2) e segunda-feira (12/12).

A Baratona e o Raparigueiros, que atraíram mais de 350 mil pessoas em 2017, também não poderão desfilar no Eixão Sul. Mesmo antes da base de concreto ir ao chão, o GDF já tentava convencer os organizadores dos dois blocos — que saem juntos — a irem para o Eixo Monumental.

“Esses dois blocos têm uma tradição de sair no Eixão, mas, lamentavelmente, ficou inevitável que a concentração da Baratona e do Raparigueiros seja transferida para as redondezas do Mané Garrincha”, disse o presidente da Liga de Trios, Bandas e Blocos Tradicionais de Brasília, Jorge Cimas.

Sensibilidade
Ao Metrópoles, o secretário de Cultura, Guilherme Reis, disse que chamará a direção dos blocos para comunicar as mudanças. “É muito triste que tenhamos de fazer essas alterações nos blocos tão em cima da hora, mas todos terão a sensibilidade de entender diante de um fato tão preocupante”. afirmou.

 

 

 

COMENTE

Carnavalbaratonaraparigueirosgalinhodesabamento eixão sulqueda de viaduto em Brasília
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito