Público encara chuva para ver a maior árvore de Natal do Brasil

Além da iluminação na Torre de TV, a fonte de água que fica em frente ao monumento volta a funcionar com luzes

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 08/12/2019 22:27

Mesmo debaixo de chuva, o evento de abertura do Natal Sempre Monumental, na Torre de TV, atraiu público na noite desde domingo (08/12/2019). De guarda-chuva ou capa, as pessoas aguardaram para assistir às atrações.

A dona de casa Áurea Dourado, 47 anos, segurou um lugar na frente do palco para não perder o ponto alto do espetáculo, a transformação da Torre de TV, de 224 metros, na maior árvore de Natal do Brasil. “Vim ver as luzes. É a primeira vez que venho comemorar o Natal aqui na Torre”, disse. “O povo é corajoso em Brasília. A chuva não assusta”, comentou. O marido de Áurea, o marceneiro Antônio Barbosa, 46, acompanhou a mulher por outro motivo: assistir o show da cantora sertaneja Naiara Azevedo.

Ao Metrópoles, Naiara disse que não foi “só mais um show”. A cantora lembrou que se apresentou na capital da República no Réveillon 2019 e voltou agora para a festa de iluminação da maior árvore de Natal do Brasil. “Faz parte da minha história estar sempre em momentos tão importantes para Brasília”, afirmou. “As pessoas pensam que para o artista é só mais um show, mas para mim não, para mim é sempre muito especial”, completou.

Naiara destacou, ainda, o que sente sobre o Natal: “Eu amo. Montei duas árvores lá em casa neste ano”.

Jacqueline Lisboa/Especial para o Metrópoles
Naiara Azevedo disse ser emocionante tocar na inauguração da árvore de Natal

Além do show de sertanejo, também  aconteceu apresentação de música clássica e dança. A professora Denise Lopes, 39 anos, levou as duas filhas, Débora, 8 anos, e Júlia, de 3, para ver a bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Claudia Mota, e o primeiro bailarino do Teatro Colón, da Argentina, Frederico Fernandez, além da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro. “A minha filha mais velha faz balé e fez questão de prestigiar”, contou.

Idealizado pela Fecomércio-DF, o evento terá programação até 6 de janeiro. Além da iluminação na Torre de TV que funcionará todos os dias das 19h à 1h, a fonte de água que fica em frente ao monumento volta a funcionar com luzes para completar o cenário especial para o Natal.

Durou três meses a organização do evento e mais um mês para tirar tudo do papel, segundo o diretor artístico do Natal Sempre Monumental, Abel Gomes. “A Torre terá entre 10 e 12 fases de iluminação. Acho que Brasília vai gostar e espero que o brasiliense se delicie com esse momento mágico”, desejou.

 

Últimas notícias