Programa Renova-DF abre 1,5 mil novas vagas. Inscrições começam nesta 3ª

O edital foi publicado no Diário Oficial do DF (DODF) de segunda-feira (20/9) e prevê mais 500 vagas para cadastro reserva

atualizado 21/09/2021 16:43

Programa Renova-DF oferece cursos e renda para cidadãosArthur Menescal/Especial para o Metrópoles 

A Secretaria de Trabalho do Distrito Federal (Setrab) publicou edital de chamamento com o objetivo de preencher 1,5 mil vagas para o Programa Renova-DF. As inscrições, que começam nesta terça-feira (21/9) e vão até sexta (24/9), podem ser efetuadas no site da pasta distrital.

Publicado no Diário Oficial do DF (DODF) de segunda-feira (20/9), o edital prevê mais 500 vagas para cadastro reserva. As oportunidades são voltadas para o curso de auxiliar de manutenção, no qual os alunos vão aprender noções de diferentes profissões, como: carpinteiro, jardineiro, eletricista, encanador, serralheiro e pedreiro.

O início das atividades está previsto para o dia 5 de outubro. Os aprendizes receberão bolsa de R$ 1,1 mil, além de vale-transporte e seguro contra acidentes pessoais.

O programa oferece cursos de qualificação profissional com duração mínima de 80 horas, distribuídas em até 20 horas semanais. Serão exigidos os seguintes requisitos para participação:

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro em situação regular no país, que esteja desempregado em busca de nova qualificação e/ou requalificação na área da construção civil;
  • Ser maior de 18 anos;
  • Comprovar a situação de desemprego (validação será realizada pela Setrab); e
  • Comprovar residência no Distrito Federal.

Conforme a publicação no DODF, 90% ingressarão por meio do cadastro geral – ou seja, a partir da realização de cadastro e do cumprimento dos requisitos de participação, obedecendo à ordem de seleção e classificação. Um percentual de 5% das vagas serão destinadas a reeducandos, que cumprem pena em regime semiaberto ou aberto, e que fazem parte do sistema prisional do DF; e os 5% restantes são reservados para programas, acordos e projetos de outros entes junto à Setrab.

Nesta terça-feira, o governador Ibaneis Rocha (MDB) anunciou no Twitter a abertura de novas vagas no Renova-DF.

Inscrição

Para auxiliar no preenchimento do formulário eletrônico de pré-inscrição no Renova-DF, será disponibilizado atendimento, das 8h às 17h, nos Núcleos de Qualificação Profissional que funcionam nas Agências do Trabalhador. Os inscritos passarão por processo de classificação e ranqueamento baseado nas condições de vulnerabilidade socioeconômica. Após o resultado, em caso de empate, haverá sorteio eletrônico para preenchimento das vagas.

O resultado final da seleção e a convocação dos candidatos selecionados para o início das atividades serão divulgados no site www.trabalho.df.gov.br, a partir do dia 28 de setembro de 2021. Quem for selecionado deve comparecer a uma das Agências do Trabalhador entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro, das 8h às 17h, e apresentar os seguintes documentos originais:

  • Identidade (RG) ou documento equivalente com foto, e comprovação de registro no Cadastro Geral de Pessoas Físicas (CPF);
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), última página e posterior em branco ou digital impressa; e
  • Comprovante de residência no Distrito Federal ou declaração de próprio punho.

No caso de desclassificação de candidatos, serão chamados os remanescentes constantes do cadastro reserva, que serão convocados a partir do dia 4 de outubro, no site da Setrab.

Renova-DF

O Renova-DF é uma parceria que envolve as secretarias de Trabalho, de Governo e de Transporte e Mobilidade; as companhias Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) e Energética de Brasília (CEB), além do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF).

0

 

Os aprendizes passam por um curso de três meses com 20 horas semanais. Eles assistem a aulas teóricas e práticas ministradas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para cursos de carpinteiro, jardineiro, eletricista, encanador, serralheiro e pedreiro. Nas aulas práticas, os estudantes fazem a recuperação de espaços públicos.

Os participantes recebem um salário mínimo, além de seguro e vale-transporte. É necessário ter frequência e aproveitamento igual ou acima de 80% para receber os auxílios e o certificado de conclusão de curso.

Últimas notícias