Ibaneis lança programa Renova-DF, que vai atender a 3 mil alunos

Beneficiários receberão ajuda de custo no valor de um salário mínimo, além de auxílio-transporte e seguro contra acidentes pessoais

atualizado 31/05/2021 11:47

Ibaneis Rocha inaugura o Renova-DFHugo Barreto/Metrópoles

O governador Ibaneis Rocha (MDB) lançou, na manhã desta segunda-feira (31/5), o programa Renova-DF, de qualificação profissional, criado pela Secretaria de Trabalho para atender 3 mil alunos. A iniciativa concederá ajuda de custo no valor de um salário mínimo, além de auxílio-transporte e seguro contra acidentes pessoais.

O projeto do Governo do Distrito Federal (GDF) vai qualificar pessoas desempregadas. Os beneficiários da proposta terão aulas teóricas e práticas, ministradas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), para cursos de carpinteiro, jardineiro, eletricista, encanador, serralheiro e pedreiro. Serão três meses de formação para cada grupo de mil alunos, com 20 horas semanais.

Nas aulas práticas, os estudantes farão a recuperação de praças, parques infantis, quadras, campos de futebol, Pontos de Encontro Comunitário (PECs), calçadas, jardins e paradas de ônibus.

Os participantes devem ter frequência e aproveitamento igual ou superior a 80% para receber os auxílios e o certificado de conclusão de curso. Aqueles que tiverem acima desse percentual poderão participar, gratuitamente, de qualquer outra formação oferecida pelo Senai-DF. Alunos analfabetos terão curso de alfabetização sem custos.

Os estudantes já foram selecionados e entregaram toda a documentação. Participam pessoas com mais de 18 anos; moradores do DF; cidadãos nato, naturalizado ou estrangeiro em situação regular no país; e indivíduos em situação de desemprego.

As aulas de auxiliar de manutenção, com noções em seis profissões, serão práticas e aplicadas na conservação do patrimônio público da capital.

0

O Renova-DF é uma parceria entre as secretarias de Trabalho, Governo e Transporte e Mobilidade; as companhias Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) e Energética de Brasília (CEB); o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF).

Durante a cerimônia, o chefe do Executivo local entregou cinco kits aos estudantes do programa.

“Neste governo, não faltam recursos. Esse projeto será permanente. Ele foi criado e está sendo implantado com muito carinho. Vamos começar aqui em Ceilândia, nesta semana, depois em Samambaia, e vamos implementar nas 33 regiões administrativas, trazendo melhorias”, disse Ibaneis Rocha.

“São mais de 30 mil empregos gerados no DF durante a pandemia. Nós temos cuidado da nossa população com carinho. A pandemia não assolou a nossa vontade de trabalhar pelo povo. Ao fim da pandemia, seremos o estado que conseguirá sair primeiro da crise econômica”, completou o governador.

O secretário de Trabalho, Thales Ferreira, comemorou o lançamento do projeto. “A pasta começou como uma secretaria simples e pequena. Hoje, lançamos 500 vagas de trabalho todos os dias nas cidades. Esse é o maior programa de inclusão e qualificação profissional, em um momento que todos se preparam para a retomada da vida, no período de pandemia do novo coronavírus. É a recuperação da dignidade e autoestima de todos que participam desse programa.”

Mais lidas
Últimas notícias