Preso morre ao tomar um “mata-leão” de colega de cela na Papuda

Suspeito confessou ter dado o golpe e sufocado a vítima até ela perder a consciência

WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

atualizado 22/06/2020 21:58

Um detento de 27 anos foi morto por um companheiro de cela na Penitenciária do Distrito Federal II (PDF II). O caso ocorreu na noite de sábado (20/06).

O suspeito teria assassinado a vítima por sufocamento, com um golpe conhecido como mata-leão. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas o presidiário morreu no local.

Após o caso, a direção da unidade prisional encaminhou todos os companheiros de cela da vítima para a 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião).

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), um dos detentos, identificado com N. N. S., confessou o crime.

0

 

Últimas notícias