Por aglomerações, 40 bares e restaurantes foram fechados no DF em 2021

Vigilância Sanitária interditou estabelecimentos pelo descumprimento de medidas sanitárias para conter a pandemia de Covid-19

atualizado 06/05/2021 19:16

BarRafaela Felicciano/Metrópoles

A Vigilância Sanitária interditou 40 bares e restaurantes no Distrito Federal, entre janeiro e abril de 2021. Os locais ofereciam risco para a saúde durante a pandemia de Covid-19, promovendo aglomerações.

Segundo a Secretaria de Saúde, no total, foram vistoriados 779 estabelecimentos no período. Além das interdições, a pasta fez 175 atuações após flagrar irregularidades. As multas variam de R$ 2 mil a R$ 20 mil.

Em cada ação fiscais verificaram os protocolos de segurança e as medidas de prevenção de transmissão da Covid-19.

Segundo a gerente de fiscalização da Vigilância Sanitária, Márcia Olivé, as ações ocorrem diariamente, principalmente no período noturno.

“Dessas, 30% são realizadas para atender as denúncias encaminhadas pela Ouvidoria do GDF”, contou. Denúncias podem ser feitas pelo 162 ou pela internet via OUV-DF.

Aglomerações

As principais irregularidades encontradas foram aglomeração, circulação de pessoas sem o uso de máscaras e condições precárias de higiene.

O Governo do Distrito Federal (GDF) ampliou o horário de funcionamento de bares e restaurantes. Os estabelecimentos passam a funcionar das 11h às 23h. (Com informações da Secretaria de Saúde)

Últimas notícias