Ponte JK será parcialmente interditada a partir de segunda-feira

Uma das três faixas no sentido Lago Sul será fechada, a cada vez, para trocar as juntas de dilatação da via

atualizado 17/02/2020 7:34

Michael Melo/Metrópoles

A troca das juntas de dilatação da Ponte JK começa a ser feita nesta segunda-feira (17/02/2020). A obra será responsabilidade da Novacap, que contará com o apoio do Detran-DF para interditar parte da via. A cada etapa, uma das faixas será interditada. Neste primeiro momento, o fechamento será no sentido Lago Sul.

Em média, a recuperação de cada faixa demorará 10 dias. Assim, a Novacap estima que a obra completa deva durar 60 dias. A substituição das juntas será feita pela Concrepoxi Engenharia. No total, são 168 metros e sete trechos unidos por juntas de borracha vulcanizada, além de três trechos de módulos de juntas em perfil metálico. O contrato para a reforma na Ponte JK tem o valor de R$ 468.378,54.

As juntas de dilatação — ou de movimento — são dispositivos que absorvem a variação de tamanho dos materiais e os efeitos de vibração nesse tipo de estrutura. “A manutenção é preventiva e visa garantir a segurança dos pedestres. Estima-se que essas estruturas, se bem mantidas, possam durar acima de 20 anos”, aponta o diretor de Edificações da Novacap, Francisco Ramos.

Últimas notícias