*
 

O ex-secretário de Saúde e pré-candidato ao Governo do Distrito Federal (GDF) Jofran Frejat (PR) e o deputado federal Laerte Bessa (PR) se reuniram, nesta quinta-feira (7/6), com representantes de associações de categorias da Polícia Civil.

Aposentados da corporação, ambos estiveram em ambiente confortável com os colegas. Atualmente, policiais civis têm relacionamento abalado com o governador Rodrigo Rollemberg (PSB). As principais queixas são de demandas não atendidas e até sucateamento do órgão.

Na reunião convocada pelo Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF), o presidente da entidade, Rodrigo Franco, relembrou os pleitos da categoria não atendidos pela atual gestão. A principal reivindicação é a paridade com a Polícia Federal.

Laerte Bessa aproveitou para disparar contra o atual chefe do Executivo local. Segundo o parlamentar, o pleito não foi atendido por falta de “boa vontade”. Jofran Frejat se colocou à disposição para receber contribuição dos policiais para a elaboração do plano de governo.

Heloísa Abreu/Sinpol-DF

Encontro entre Jofran Frejat e Laerte Bessa com representantes sindicais ocorreu na tarde desta quinta-feira (7/6)

 

Jofran Frejat atuou como perito médico-legista da Polícia Civil e Laerte Bessa, delegado. Segundo o Sinpol-DF, as impressões sobre o encontro serão repassadas pelos representantes sindicais às suas bases. Outras reuniões entre os políticos e os policiais civis devem ocorrer até as eleições.

Além dos dirigentes do Sinpol-DF, participaram da reunião o presidente da associação dos Peritos Papiloscopistas (Asbrapp), Alceu Mattos; dos Médicos Legistas (ABRML), Arthur Trindade; a diretora da Associação dos Agentes Policiais de Custódia (AAPC), Adriana Silva; o diretor da Associação dos Escrivães (Aesp) Francisco Mello; o diretor da Agepol, Félix Antônio; o diretor da Associação Geral dos Policiais Civis (Agepol); e o diretor da Associação dos Aposentados e Pensionistas da PCDF (APCAP), Ernani Lucena.
 

 

COMENTE

polícia civil do DFjofran frejatLaerte Bessa
comunicar erro à redação

Leia mais: Política