Polícia faz operação contra Comboio do Cão e cumpre mandados no DF

O grupo costuma agir nas regiões de Riacho Fundo, Recanto das Emas, Samambaia, Ceilândia e Taguatinga

atualizado 06/05/2021 10:18

Policiais civis do DFIgo Estrela/Metrópoles

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (6/5), a segunda fase da Operação Judas, voltada para desarticular o núcleo financeiro da facção criminosa Comboio do Cão, responsável por diversos crimes, em especial, tráfico de drogas e armas, roubos e homicídios. O grupo costuma agir nas regiões de Riacho Fundo, Recanto das Emas, Samambaia, Ceilândia e Taguatinga.

Os policiais cumpriram quatro mandados de prisão preventiva e seis de busca e apreensão em endereços vinculados aos investigados. As buscas foram realizadas no Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo 2 e Samambaia.

Segundo apurado, os criminosos operacionalizavam o fluxo do dinheiro obtido pela organização criminosa com a comercialização de drogas.

0

A operação desta quinta foi coordenada pelo Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Decor) e contou com o apoio da Divisão de Operações Especiais (DOE).

Líder

Na sexta-feira (30/4), os policiais prenderam o líder da facção criminosa Comboio do Cão. Wilian Peres Rodrigues, vulgo “Wilinha”, estava foragido desde 2019.

O criminoso não havia sido encontrado pela PCDF durante a Operação Rosário, ocasião em que foram detidos membros da quadrilha acusados de vários crimes, como homicídios. À época, Willian fugiu para lugar incerto e, desde então, vinha sendo procurado pela polícia.

Últimas notícias