Polícia Civil encontra mãe de bebê abandonado em sacola no DF

Investigadores analisaram imagens das câmeras de segurança da região e refizeram o trajeto da adolescente

Reprodução/VídeoReprodução/Vídeo

atualizado 08/11/2019 19:25

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) localizou a responsável por abandonar um bebê em uma sacola de papelão, na QNB 13, em Taguatinga, no dia 31 de outubro. A jovem, de 17 anos, é mãe da recém-nascida e deixou a filha em frente ao Lote 3. A menina passou 10 minutos dentro do recipiente até ser encontrada. Ela recebeu os primeiros cuidados do Corpo de Bombeiros e foi levada para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT), onde se recuperou.

Segundo a PCDF, o trabalho de investigação incluiu “exaustivas horas de análise de imagens”. Os policiais refizeram a trajetória da mãe e conseguiram identificar a adolescente. Por se tratar de ato infracional praticado por menor de idade, o caso foi remetido à Delegacia da Criança e do Adolescente 2 (DCA 2).

“A bebê está muito bem de saúde. Quando foi encontrada, estava melada do parto e com cordão umbilical cortado. Como a glicose estava alta, pode ser até que foi amamentada momentos antes do abandono”, ressaltou o delegado responsável pelo caso, Josué Ribeiro.

“Batizada” em hospital

A menina foi “batizada” de Maria pela equipe médica no Hospital Regional de Taguatinga (HRT), unidade de saúde onde recebeu atendimento médico.

A polícia não confirmou se a mãe da recém-nascida foi apreendida ou se irá responder em liberdade.