PM persegue carro na L2 Sul e motorista só para após tiros e bloqueio

A polícia foi acionada após o suspeito passar a fechar continuamente um veículo com duas mulheres

Suzano Almeida/MetrópolesSuzano Almeida/Metrópoles

atualizado 10/06/2019 15:53

Um motorista foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), na tarde desta segunda-feira (10/06/2019), no centro do Plano Piloto, próximo à Catedral de Brasília. O homem, de 45 anos, teria fugido de uma abordagem na 601 Sul. De acordo com informações preliminares, ele estaria perseguindo e dando fechadas em um carro com duas mulheres, que solicitaram ajuda.

Quando os policiais se aproximaram do Honda Civic conduzido pelo suspeito, ele teria jogado o veículo para cima da viatura. Com isso, deu-se início a uma perseguição. Durante o trajeto, o condutor fez zig-zag pela pista e dificultou a aproximação da corporação, que fez disparos na direção do carro.

Segundo a PMDF, o suspeito furou sinais de trânsito e quase atropelou alguns motociclistas. Um cerco foi feito feito por oito viaturas e quatro motos da PMDF, que conseguiram cercar o veículo. Para não causar mais risco ao trânsito, os policiais deram um tiro no pneu do suspeito.

Na tentativa de fugir, o homem ainda deu ré e atingiu uma viatura, na 601 Sul. De acordo com os policiais, o motorista parecia estar em surto psicótico. Ele será conduzido para a 1ª Delegacia de Polícia.

Suzano Almeida/Metrópoles
Carro tem marcas de tiros, que teriam sido efetuados pela PMDF durante perseguição

O suspeito se recusou a falar com os policiais militares e disse que o episódio era um teatro por parte da corporação. Por isso, ainda não se sabe porque ele estava perseguindo as mulheres.

Elas disseram que o homem começou a abordá-las na altura da Candangolândia. Ao avistar uma viatura no final da Avenida das Nações, pediram socorro. Enquanto falavam com os policiais e apontavam as características, o suspeito passou ao lado. Os policiais mandaram ele parar, mas o homem fugiu.

 

Últimas notícias