PLOA: Saúde, Educação e Segurança do DF contarão com R$ 26,8 bi em 2021

GDF encaminha para a CLDF Proposta de Lei Orçamentária de 2021. Na avaliação do governo, projeção está dentro da realidade

atualizado 16/09/2020 22:34

CLDFIgo Estrela/Metrópoles

Saúde, Educação e Segurança vão receber 60% do orçamento do Distrito Federal no próximo ano. Segundo a Proposta de Lei Orçamentária (PLOA) para 2021, o DF será de R$ 44,19 bilhões. Deste total, serão investidos R$ 26,8 bilhões nas três áreas.

Educação receberá R$ 9,93 bilhões. Na sequência, Segurança terá o aporte de R$ 8,64 bilhões. Saúde contará com a destinação de R$ 8,29 bilhões. A PLOA faz previsões de gastos. Sendo assim, a execução nos valores poderá ser diferente.

A PLOA também abre espaço para concursos públicos e nomeações de concursados. O Executivo local estará autorizado a fazer 20.422 nomeações, conforme o Metrópoles noticiou.

O Governo do Distrito Federal (GDF) encaminhou a PLOA 2021 para a Câmara Legislativa do DF (CLDF) nesta semana. Segundo a proposto, R$ 1,3 bilhão será injetado diretamente em obras de diferentes secretarias.

“Estamos apresentando um orçamento realista, capaz de viabilizar o atendimento das necessidades públicas e lastreado na responsabilidade fiscal”, afirmou o secretário de Economia, André Clemente.

Pelas estimativas, R$ 28,41 bilhões são provenientes do orçamento local e R$ 15,77 bilhões do Fundo Constitucional do Distrito Federal (FCDF), financiado pela União.

No caso específico do FCDF, 8,3 bilhões serão aplicados na Segurança Pública. Outros R$ 4 bilhões irão para Saúde e, aproximadamente, R$ 3,3 bilhões, para a Educação.

A PLOA, agora, será debatida pelos deputados distritais, podendo receber emendas para alterações. (Com informações da Secretaria de Economia)  

 

Últimas notícias