Pessoas com deficiência: veja quem pode agendar vacina da Covid no DF

No grupo prioritário estão pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e que têm entre 18 e 59 anos

atualizado 13/05/2021 16:54

Vacinação contra Covid-19 em pessoas com comorbidades e gestantes no estacionamento 13 do Parque da CidadeGustavo Alcântara/Especial Metrópoles

A vacinação contra a covid-19 para pessoas com comorbidades está em andamento no Distrito Federal. No grupo prioritário, estão pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e que têm entre 18 e 59 anos. De acordo com o Programa Nacional de Imunização, neste momento, a vacina está disponível apenas para inscritos no BPC.

Em nota técnica, o Ministério da Saúde explicou que a situação de vulnerabilidade social e econômica torna essa parcela da população ainda mais vulnerável aos impactos da Covid-19. Além disso, reforçou que as demais pessoas com deficiência permanente serão contempladas no seguimento do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO).

Assim, a Secretaria de Saúde do DF reforça novamente que, neste momento, apenas as pessoas com deficiência permanente entre 18 e 59 anos cadastradas no BPC podem fazer o agendamento por meio do site vacina.saude.df.gov.br.

Vacinação 

As pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC, na faixa etária acima mencionada, não precisam apresentar relatório médico. Entretanto, caso seja solicitado na ficha de agendamento, o beneficiário pode apresentar o cartão do programa, o extrato bancário e o comprovante do MEU INSS ou de consulta pública, que comprovem a vinculação ao BPC.

É necessário fazer um cadastro na página vacina.saude.df.gov.br e agendamento posterior, no mesmo site. Devido ao fato de alguns indivíduos deste grupo prioritário estarem em situação de vulnerabilidade social e sem acesso à internet, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) foram orientadas a fazer a vacinação mesmo sem agendamento. Porém, neste caso, é necessário comprovar o recebimento do benefício.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), 17.182 pessoas com deficiência recebem o BPC no Distrito Federal. Esse grupo está recebendo mensagens de texto ou ligações telefônicas para avisar sobre a imunização contra o coronavírus.

 

Últimas notícias