PCDF prende jovem que vendia drogas gourmet a empresários e funcionários públicos

Suspeito fazia delivery em um Audi-A3 preto quando foi preso, nessa quinta-feira. Nas redes sociais, ele ostentava uma vida de alto padrão

atualizado 11/06/2021 10:41

Jovem vendia drogas gourmet na área central de BrasíliaPCDF/ Divulgação

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, na noite dessa quinta-feira (10/6), um jovem, de 24 anos, acusado de atuar como traficante de drogas gourmet na área central de Brasília. A clientela do suspeito é composta por pessoas de alto poder aquisitivo, como empresários e funcionários públicos, além de garotas de programa de luxo.

Os policiais da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central) iniciaram as investigações há cerca de dois meses, quando começaram a monitorar o rapaz, que morava em hotéis dos setores hoteleiros Norte e Sul. A localização facilitava a comercialização dos entorpecentes ao público-alvo.

O Metrópoles apurou que o nome do suspeito é Luiz Gustavo. Nas redes sociais, o ele ostentava, além das drogas que comercializava, uma vida de alto padrão. Ele andava em um Audi-A3, utilizado para fazer delivery de skunk, haxixe, maconha tipo colombiana gold, entre outros tipos de drogas gourmet.

0

Nessa quinta-feira, os investigadores descobriram que o homem havia se hospedado no Hotel Garvey e passaram a acompanhar os passos dele. O jovem foi flagrado vendendo entorpecentes para uma garota de programa, dentro do seu veículo, quando os policiais o abordaram. Quando viu que seria preso, ele tentou fugir,  jogando seu automóvel contra a viatura, que foi danificada. Ainda na tentativa de empreender fuga, o suspeito  engatou a ré e colidiu com outro veículo que estava estacionado. Somente após essa segunda colisão os policiais conseguiram capturá-lo.

Com o rapaz foram encontrados diversas porções de maconha do tipo Skunk, algumas já separadas, prontas para comercialização, em embalagens de plástico tipo zip lok ,e várias porções de maconha do tipo skunk em um pote transparente, além de uma balança de precisão. O autuado já possui diversas passagens por tráfico e associação para o tráfico.

Últimas notícias