PCDF intensifica Operação Natal Seguro: confira dicas de proteção

Segundo a polícia, a primeira etapa trouxe resultados em diversas regiões. Delegado dá informações para brasilienses ficarem resguardados

atualizado 21/11/2019 13:29

PCDF/Divulgação

O diretor do Departamento de Polícia Circunscricional (DPC), Jeferson Lisboa Gimenes, falou sobre a Operação Natal Seguro, que inicia a segunda fase neste fim de semana. A primeira alcançou Ceilândia, Samambaia, Recanto das Emas, Gama, Santa Maria. A ação ocorre sextas, sábados e domingos, conforme antecipou matéria do Metrópoles.

“Começou em Ceilândia e Samambaia, e foi um sucesso, com vários flagrantes de armas ilegais (foto em destaque). Em Ceilândia, houve uma queda de energia na hora que nossas equipes estavam lá. Acabamos levando segurança no momento em que eles estavam precisando, deixando a população agradecida”, contou Jeferson, em coletiva nesta quinta-feira (21/11/2019).

De acordo com ele, a operação tem o objetivo de diminuir a criminalidade nesta época do ano, perto do Natal, quando de fluxo financeiro é maior. “Nesse período, as pessoas passam a receber mais dinheiro e, com o poder aquisitivo e maior circulação de pessoas, o índice de criminalidade aumenta”, completou.

Mandados de busca por crimes como homicídio, receptação e roubo de celulares fizeram a Polícia Civil abordar cerca de 400 pessoas apenas em Ceilândia. Entre elas, algumas com porte de arma ilegal, como uma .40 apreendida e de porte restrito.

Além disso, presos em regime domiciliar foram pegos na rua e apresentados à polícia. “Objetivamos uma redução na criminalidade e ela está sendo alcançada”, afirmou o delegado.

As ações envolvem seis delegacias e 90 policiais por dia. Ao todo, 270 agentes são escalados para o fim de semana no total e um delegado por área.

De acordo com Jeferson Lisboa Gimenes, é a primeira vez de uma operação realizada nesses moldes e com esse número de policiais. Segundo ele, a partir de dezembro, o número de policiais vai aumentar.

Em regiões consideradas mais perigosas são colocadas mais equipes. São cinco equipes por área circunscricional. A operação vai até a véspera do Natal.

Dicas de segurança

O delegado deu algumas dicas para que as pessoas fiquem mais tranquilas na hora das compras de Natal. Ele lembra que, nessa época do ano, a criminalidade tende a aumentar. Confira:

  • Não ande com o celular na mão, principalmente digitando. Isso traz vulnerabilidade e torna a pessoa um alvo fácil para os ladrões
  • Tome cuidado ao sacar dinheiro em um caixa eletrônico. Sempre cheque se não há ninguém observando. Você pode cair num golpe em que os bandidos estão prontos para aplicar
  • Evite frequentar, nesta época, lugares mais escuros e complicados em cidade onde são mais comuns as ocorrências de crimes

Últimas notícias