Órgãos públicos participam de pesquisa de enfrentamento à violência contra a mulher

Ministério da Justiça e Segurança Pública, MPDFT, Tribunal de Justiça do DF e Polícia Civil assinaram acordo de cooperação

atualizado 04/02/2021 16:48

Arte de mulher com marcas de agressão no corpo em uma varandaYanka Romao/Metrópoles

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e a Polícia Civil do Distrito federal (PCDF) assinaram um acordo de cooperação técnica para dar apoio ao desenvolvimento do projeto de pesquisa “Enfrentando à Violência perpetrada por Parceiro íntimo (VPP): Avaliando Intervenções com Homens Perpetradores versus Mulheres Vítimas”.

O projeto-piloto acontecerá na PCDF e terá início ainda este mês. A pesquisa tem como objetivo desenhar, desenvolver, implementar e avaliar os impactos, em variáveis socioeconômicas e criminológicas, de intervenções com parceiros. O resultado irá ajudar no aperfeiçoamento do atendimento, pelo Poder Público, de mulheres vítimas de violência.

A metodologia de trabalho foi desenvolvida pela equipe do Núcleo Judiciário da Mulher (NJM), do TJDFT. Serão seis encontros semanais com duração de duas horas cada, em grupos formados por 15 homens, nos quais são trabalhados temas como sistema de crenças, mitos e masculinidades, gênero e violência contra a mulher, habilidades relacionais, a Lei Maria da Penha e autorresponsabilização.

0

Além dos órgãos do DF, se comprometeram com a pesquisa o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e a Universidade Federal do Ceará (UFC). O acordo também conta com parceria do Instituto Maria da Penha (IMP).

A cooperação de pesquisa está inserida no âmbito do “Pacto pela Implementação de Políticas Públicas de Prevenção e Combate à Violência contra as Mulheres”, sob a coordenação do MJSP, em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Últimas notícias