“O foco é a saúde do policial”, diz novo comandante-geral da PMDF

Entre as forças de segurança do DF, a Polícia Militar registra o maior número de mortes causadas pela Covid-19

atualizado 06/04/2021 14:51

Coronel Márcio Cavalcante VasconcelosFábbri Pinho/PMDF

O novo comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), coronel Márcio Cavalcante Vasconcelos, afirmou que a saúde do policial será uma das prioridades da sua gestão. O comandante também citou que a pandemia do novo coronavírus impacta as instituições de segurança, especialmente a Polícia Militar.

Segundo apuração do Metrópoles, já são ao menos 53 integrantes da tropa que perderam a vida para a doença desde o início da pandemia. Entre as forças de segurança do DF, é o maior número.

“O foco é a saúde do policial. Vamos olhar para o PM como ser humano, que está além da farda. Alinhar todas as nossas estruturas para que trabalhem para o nosso policial. Não apenas pensar no servidor trabalhando para a instituição, mas a instituição trabalhando em prol do militar”, explicou.

Ainda de acordo com Vasconcelos, é necessário pensar na valorização do policial militar de maneira integral: mental, espiritual, emocional e física. “Desde a parte de equipamentos, condições de trabalho e ergonomia, ao treinamento”, elencou. O comandante declarou que as prioridades da corporação constam no plano diretor e serão seguidas.

“Os gargalos de cada departamento serão identificados e sanados de maneira conjunta e integrada. O objetivo é prestar um serviço cada vez melhor à população”, reforçou o militar.

Mudanças

Vasconcelos revelou que devem ocorrer alguns ajustes em setores da corporação, com a readequação de novos comandantes, seguindo os objetivos institucionais previstos no plano estratégico. O coronel também afirmou que dará continuidade à integração entre as forças de segurança pública.

Coronel Márcio Cavalcante Vasconcelos
Coronel Márcio Cavalcante Vasconcelos

 

“É o principal desafio da minha carreira. Eu venho da área de integração. O trabalho dos órgãos juntos fortalece as instituições, minimiza as fragilidades de cada um por meio da troca de experiências e o principal é que as forças crescem de maneira equilibrada, e, sobretudo, entrega um serviço melhor à sociedade”, destacou.

Perfil 

O coronel Márcio Cavalcante de Vasconcelos foi nomeado comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), na última sexta-feira (2/4). Vasconcelos assumiu a função após a exoneração do coronel Julian Rocha Pontes, que, junto a outros oficiais de alta patente, recebeu a vacina contra a Covid-19 antes de policiais da linha de frente. O Metrópoles revelou o caso em reportagem exclusiva.

Vasconcelos tem 28 anos de serviço público. É bacharel em educação física pela PMESP e em direito pela Universidade Paulista. Especializou-se em ciências policiais e em gestão estratégica de segurança pública.

Trabalhou no Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República de 2003 a 2010. Foi comandante do 3⁰ Batalhão da PMDF e coordenador de eventos e atividades especiais da SSP-DF de 2016 a 2019.

A última especialização, terminada em 2020, foi realizada na Escola Superior de Guerra do Exército de Altos Estudo e Defesa, vinculada ao Ministério da Defesa, a qual, segundo o Comandante, “foi uma abertura holística sobre o trabalho integrado entre instituições”.

Últimas notícias