Brasília amanhece coberta de neblina: entenda o fenômeno

Veja as diferenças entre a ocorrência e nevoeiro, a previsão para o dia e a definição de névoa úmida

atualizado 19/11/2019 11:11

Michael Melo/Metrópoles

Ao olhar pela janela na manhã desta terça-feira (19/11/2019), muitos brasilienses notaram um ar mais opaco, caracterizando a famosa neblina — também chamada de névoa úmida. O fenômeno acontece quando há muita umidade na atmosfera, quando as gotículas de água ficam suspensas no ar.

De acordo com o meteorologista Olívio Bahia, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é como se a própria nuvem estivesse mais baixa. “Se o sol saísse naquele momento, por exemplo, essa névoa se dissiparia. Mas como o tempo está fechado, isso não acontece”, explica. Segundo Olívio, acima de 30 metros de altura, essa formação é considerada nuvem. Já abaixo dessa medida, já pode ser chamada de neblina.

Mas e o nevoeiro? Depende mais da visibilidade de cada ponto. Se a pessoa não conseguir ver a menos de 1km de distância, podemos chamar de nevoeiro. Se for além disso e é possível, por exemplo, enxergar uma torre que se sabe distante, ficamos com a denominação de neblina mesmo. Em um aeroporto, por exemplo, a visibilidade é relativamente boa com 9 milhas (cerca de 10km).

0

A previsão para esta terça-feira (19/11/2019) continua com tempo fechado em Brasília. Pelas previsões do Inmet, a temperatura atingiu 18°C pela manhã, mas pode chegar a 28°C na capital no período vespertino. Com a umidade relativa do ar entre 50% e 95%, pode chover no fim de tarde e a noite, com trovoadas.

Mais lidas
Últimas notícias