“Não estou preocupado com partidos”, diz Izalci sobre falta de apoio

Senador Izalci Lucas foi confirmado como candidato ao GDF nesta sexta-feira (5/8) pela federação nacional PSDB-Cidadania

atualizado 05/08/2022 16:19

Igo Estrela/Metrópoles

O senador Izalci Lucas (PSDB) afirmou, em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (5/8), que não fechou portas para a deputada Paula Belmonte (Cidadania). Os dois viveram impasse em relação à definição do nome da federação PSDB-Cidadania que concorrerá ao Palácio do Buriti, mas Izalci acabou confirmado hoje na disputa pelo Executivo local.

Paula Belmonte sobre Izalci: “Está isolado e não tem apoio partidário”

“Fiquei muito feliz com a confirmação da federação nacional consolidando nossa candidatura ao Governo do Distrito Federal”, afirmou Izalci em coletiva realizada na tarde desta sexta na sede nacional do PSDB.

Apesar disso, a deputada Paula Belmonte (Cidadania) se mantém ainda como candidata ao GDF pela mesma federação. À coluna Janela Indiscreta, do Metrópoles, a parlamentar afirmou que Izalci não construiu apoio político.

“Não estou preocupado com partidos, estou preocupado com a população. Eu sou candidato ao governo com respaldo da federação e, agora, vamos buscar os entendimentos. Nunca ofendi e nunca fiz nada contra a deputada (Paula Belmonte). Tenho admiração”, reforçou Izalci.

A guerra interna travada entre Paula Belmonte e Izalci arrasta-se durante semanas. Em 31 de julho, Belmonte realizou uma “convenção” apenas com membros do Cidadania, na qual se colocou como candidata ao GDF.

Nesta quinta-feira (4/8), a deputada realizou um ato no qual também se apresentou como candidata ao governo local.

Publicidade do parceiro Metrópoles
0
Vice

Sobre o nome para ser o candidato vice-governador na chapa de Izalci, o senador afirmou que ainda não há uma definição.

“Não quero fechar as portas antes de conversar”, explicou. Ele ainda declarou que não descarta Paula Belmonte na vice-governadoria. A chapa de Izalci também não definiu quem vai lançar para disputar uma vaga no Senado Federal.

Segundo Izalci,  há conversas, mas as portas permanecem abertas. “Muitos partidos estão realizando convenção hoje a tarde. Vamos esperar”, disse.

Mais lidas
Últimas notícias