Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Irmã de síndico agredido no DF: “Está com boca cortada e dentes moles”

Conforme o Metrópoles revelou, Wahby Khalil foi agredido por um morador de um condomínio residencial de Águas Claras

atualizado 18/03/2022 14:33

Fotografia colorida de homem levando socoReprodução

Internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Lúcia, na Asa Sul, o jornalista Wahby Khalil, 42 anos, apresenta quadro clínico estável, mas segue em observação. A irmã da vítima, que se identifica como Doralice, detalha que o homem está com o rosto muito inchado e com cortes na boca. “Estamos esperando o médico para avaliar, pois os dentes dele estão moles”, ressaltou. Ainda segundo a familiar, o paciente está com a pressão alterada e a saturação baixa.

Conforme o Metrópoles revelou, Wahby Khalil foi agredido por Henrique Paulo Sampaio Campos, 49, instrutor de artes marciais e morador de um condomínio em Águas Claras, na manhã de quinta-feira (17/3). Em áudio enviado ao advogado, Edson Alexandre, Khalil informou que está com hemorragia cerebral.

Veja as imagens:

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

O jornalista, também síndico do condomínio, levou um soco, caiu no chão e bateu a cabeça depois de discutir com um morador sobre um saco de boxe na academia coletiva. O episódio aconteceu dentro do Residencial Luna Park, na Quadra 301 de Águas Claras. O condomínio tem dois prédios, blocos A e B. De acordo com a vítima, o agressor mora no Bloco A, onde ocorreu a violência.

No áudio encaminhado ao advogado pelo WhatsApp, o jornalista detalha: “Estou aguardando o neurologista, que vai fazer a avaliação. No mais, estou sentindo dores, principalmente na região do rosto, onde foi a pancada, e estou com a boca inchada e dificuldades na fala”.

O Metrópoles procurou o Santa Lúcia, mas o hospital informou que aguarda autorização dos familiares para divulgar boletim médico atualizado do estado de saúde de Khalil.

Entenda o caso

O síndico profissional levou um soco e caiu, na manhã de quinta-feira (17/3), depois de discutir com um morador sobre um saco de boxe. O homem que aparece nas imagens agredindo Khalil é o professor de artes marciais.

Nas redes sociais, Henrique se apresenta como “personal boxing” e posta vídeos dando aulas de luta. Em algumas das publicações, ele aparece em uma quadra poliesportiva de Águas Claras.

Na primeira reportagem sobre o caso, o Metrópoles optou por não divulgar o nome de Henrique, pois ele não havia sido localizado. Na noite de quinta-feira, a reportagem conseguiu contato com Henrique Paulo por telefone, mas o homem não quis se manifestar.

Wahby Khalil tentou argumentar sobre os problemas causados pelo equipamento esportivo e acabou levando um murro na cara, chegando a cair desacordado no chão.

“Fui mostrar para o morador que o saco de boxe que ele usa estava danificando o teto. Eu disse que levaria para a assembleia para a gente modificar aquilo. Só que ele, completamente transtornado, começou a falar alto e a gesticular. Eu pedi para ele se acalmar, quando ele me deu a porrada”, contou o jornalista ao Metrópoles.

Pelas imagens do circuito interno de monitoramento, Khalil leva o soco, cai no chão e permanece sem se mover por alguns segundos. Ele não recebe ajuda do agressor ou do funcionário do condomínio.

“Minha boca está toda machucada”, frisou. Segundo o síndico, vizinhos haviam reclamado do mesmo morador por causa de outras situações violentas. “Já havia relatos da agressividade dele”, revelou Khalil.

Uma ocorrência foi registrada na 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga).

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias