Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Diretor-geral da PF sobre acordo com Argentina: “Retomada de cooperação efetiva e concreta”

Brasil e Argentina firmaram acordo, nesta 3ª feira, para definir estratégias de cooperação para combate ao tráfico na América do Sul

atualizado 25/01/2023 10:15

Polícia Federal PF/Divulgação

Os governos argentino e brasileiro assinaram, nesta terça-feira (24/1), na sede do Ministério de Segurança Argentino, uma Declaração de Intenções entre as polícias federais dos dois países. O objetivo do acordo é delinear estratégias de cooperação para combate ao crime organizado na América do Sul, especialmente nas áreas de tráfico de drogas e armas.

O diretor-geral da Polícia Federal brasileira (PF), Andrei Passos Rodrigues, participou de reunião com o Ministro de Segurança da Argentina, Aníbal Domingo Fernández.

“Esse ato marca a retomada de uma cooperação policial efetiva e concreta entre Brasil e Argentina. Juntas, as polícias federais dos dois países atuarão de forma integrada no combate à criminalidade organizada, especialmente nas áreas de tráfico de armas e drogas”, declarou Andrei Passos à coluna Na Mira.

O dirigente afirmou que os dois países atuarão, agora, para criar “mecanismos concretos para a troca de informações de inteligência” e na organização de operações policiais conjuntas.

Andrei Passos participou de encontros bilaterais com o chefe da Polícia Federal Argentina (PFA), Juan Carlos Hernandez; com o comandante da Prefectura Naval, General Mario Rubén; e com o Presidente da Ameripol — a comunidade de polícias da América —, Andrés Severino.

O diretor-geral da PF também visitou as instalações do Escritório Regional da Interpol em Buenos Aires, onde discutiu estratégias para o fortalecimento da atuação da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) na América do Sul.

A Polícia Federal apoia as ações da Interpol na região com um oficial de ligação destacado para atuar junto à organização em Buenos Aires. O diretor-geral participou da agenda acompanhado do diretor de Cooperação Internacional da Polícia Federal e do adido da Polícia Federal em Buenos Aires.

Nesta quarta-feira (25/1), Andrei Passos segue para o Uruguai com a comitiva presidencial brasileira, onde participará de reuniões com o diretor-geral da Polícia Nacional Uruguaia.

Mais lidas
Últimas notícias