Multas na faixa reversa da EPTG nesta segunda serão anuladas

Como os ônibus com portas dos dois lados começaram a rodar, condutores não poderão mais usar uma das pistas contrárias nos horários de pico

Hugo Barreto/MetrópolesHugo Barreto/Metrópoles

atualizado 13/01/2020 20:56

O governador em exercício do Distrito Federal, Paco Britto (Avante), decidiu transformar em advertências as multas aplicadas nesta segunda-feira (13/01/2020), primeiro dia da mudança de faixa para ônibus com porta dos dois lados que trafegam pela Estrada Parque Taguatinga (EPTG).

Com a entrada em funcionamento dos coletivos, foi encerrada a operação da faixa reversa nos horários de pico. O fluxo passou a ser mantido no sentido original dos dois lados, tanto para quem vai a Taguatinga quanto nos deslocamentos com destino ao Plano Piloto.

No entanto, muitos dos 120 mil motoristas que passam pela via todos os dias usaram a faixa exclusiva para ônibus por alegar desconhecimento da nova regra. Eles foram multados em R$ 195,23 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas Paco reverteu as penalidades em advertência neste primeiro dia.

“Hoje, elas [multas] serão advertências para a população. Não queremos punir ninguém que esteja desavisado. Tive de tirar as placas no sábado [11/01/2020] para colocar as novas. Não justifica, por um lapso temporal, a população ser punida por isso. Queremos educar a população. Multa não é para punir, mas, sim, educar”, afirmou o governador em exercício.

A partir desta terça-feira (14/01/2020), no entanto, é preciso ficar atento: os carros que circularem nas faixas exclusivas da EPTG serão multados.

Além dos coletivos, somente táxis, ambulâncias e viaturas estão autorizados a trafegar no local. Atualmente, cerca de 65 mil passageiros circulam pela EPTG dentro de linhas com destino à Rodoviária do Plano Piloto, W3 Sul e W3 Norte.

Ao todo, 160 ônibus com portas dos dois lados vão circular no corredor exclusivo da EPTG. As empresas que farão a operação com os novos coletivos são: Urbi, com 46 ônibus; Marechal, com 39; e São José, com 75 veículos.

Além disso, 42 linhas passarão pela EPTG, sendo 21 com destino à Rodoviária do Plano Piloto, 15 para a W3 Sul e seis para a W3 Norte.

Confusão

Com a grande confusão ocorrida neste primeiro dia de mudança, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF) havia informado que, devido à ampla divulgação das mudanças sobre o fim da Operação EPTG, os motoristas que trafegassem pela faixa exclusiva seriam multados a partir desta segunda (13/01/2020). Mas o governador entendeu que haveria necessidade de conceder um prazo maior para os condutores se adequarem.

No fim da tarde, o DER informou que, “por se tratar do primeiro dia de implantação de nova rotina de circulação dos ônibus pelas faixas exclusivas da DF-085 (EPTG), não serão gerados autos de infração relacionados ao tráfego de veículos não autorizados no corredor exclusivo desta rodovia nesta segunda-feira (13/01/2020), entre meia-noite e 23h59”.A partir desta data, condutores que transitarem pelas faixas exclusivas estarão infringindo o artigo 184, inciso II, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), Lei Federal 9.503/97.

 

Últimas notícias