Morador de rua tem colchão onde dormia incendiado e sofre queimaduras no DF

O Corpo de Bombeiros encaminhou o homem, de 55 anos, ao Hospital Regional de Ceilândia com ferimentos graves nas pernas

atualizado 10/01/2021 20:25

Um homem sofreu queimaduras após ter o colchão onde dormia na rua ser incendiado.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o suposto morador de rua estava deitado no colchão, provavelmente dormindo, quando foi surpreendido com labaredas de fogo, na CSA, ao lado do Armazém do Juca, em Taguatinga Sul.

Informações de pessoas que passavam pelo local são de que o fogo teria sido proposital. As chamas teriam sido ateadas na parte inferior do colchão para queimar Antônio Carlos de Andrade, 55 anos.

O homem sofreu queimaduras graves nas pernas. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atendeu a ocorrência com duas viaturas e oito militares.

Os socorristas do CBMDF transportaram a vítima para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Antônio se queixava de dores e tinha queimaduras de 1º e 2º grau nas pernas.

Últimas notícias