Mesmo sem evento oficial, Prainha recebe bom público na virada do ano

GDF cancelou os festejos de fim de ano, o que não impediu a presença de centenas de pessoas na tradicional Praça dos Orixás

atualizado 01/01/2022 8:25

Pessoas de branco na Praça dos OrixásIgo Estrela/Metrópoles

Mesmo sem evento oficial do GDF, centenas de pessoas foram à Praça dos Orixás, conhecida como Prainha, para celebrar a virada do ano. Os festejos contaram, principalmente, com pedidos a Iemanjá que, segundo lideranças de religiões de matriz africana, comandará o ano de 2022.

Com a oferta de passes, rodas de celebração e muitas oferendas, fiéis ficaram à beira do Lago Paranoá também para acompanhar os fogos de artifício dos clubes nas redondezas. “Temos consulta com entidades e a nossa roda está aberta para todos que vierem”, diz Mãe Beth, Ialorixá do terreiro Sol do Oriente.

Veja imagens da virada do ano na Praça dos Orixás:

0

Mãe Beth afirma que 2022 será um ano de renovação. “O que foi destruído será construído. É um ano de muito movimento”, prevê.

Maria Aparecida Gonçalves, 36 anos, acompanhou a celebração na Prainha. Apesar de ser praticante do candomblé há mais de 20 anos, esta é a primeira vez que ela compareceu à Prainha. “Fiz aqui meus agradecimentos primeiro. É assim que funciona. Primeiro agradecer para depois pedir algo”, comenta.

Ela diz esperar um novo ano melhor que este que termina. “2021 veio para nos ensinar a ser melhor, ter mais fé. Acredito que em 2022 seremos mais humanos. É algo que tem faltado”, comenta.

Mais lidas
Últimas notícias