metropoles.com

Mesmo com variante Éris confirmada, só 20% tomaram a Bivalente no DF

Altamente contagiante, a nova variante Éris de Covid-19 já foi confirmada em um bebê de 6 meses no Distrito Federal

atualizado

Compartilhar notícia

Gustavo Alcântara/Metrópoles
Jovem sendo vacinado - Metrópoles - covid longa
1 de 1 Jovem sendo vacinado - Metrópoles - covid longa - Foto: Gustavo Alcântara/Metrópoles

Altamente contagiante, a nova variante Éris (EG.5.1) de Covid-19 já foi confirmada no Distrito Federal. Ainda sim, segundo dados do Ministério da Saúde, apenas 20,67% da população brasiliense se imunizou com a vacina bivalente.

Foram apenas 541 mil doses aplicadas do imunizante, que está disponível para maiores de idade desde abril deste ano, até essa sexta-feira (1º/9). Os dados constam na Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).

Até o momento, a Secretaria de Saúde do DF (SES-DF) só registrou um caso da variante Éris. A infecção foi confirmada em um bebê de 6 meses. Ela foi levada ao Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) com sintomas respiratórios em 11 de agosto, e ficou internada por três dias, tendo alta em 14 de agosto.

O Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal (Lacen), da Secretaria de Saúde do DF, fez o sequenciamento genômico em parceria com o Instituto Butantan no dia 24 de agosto.

A SES-DF analisou 30 amostras de exames de diferentes regiões administrativas, mas a nova variante do coronavírus foi detectada somente no caso do bebê atendido no Hmib.

0

 

O subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero Martins, disse que os brasilienses não precisam se preocupar com a nova cepa.

“Não há motivos para a população se exasperar porque a Secretaria de Saúde está atenta a essas questões das variantes da Ômicron. Essa ação demonstra a eficácia da rede de saúde do DF ao detectar, quase em tempo real, essa nova variante através das unidades sentinelas e do Lacen, que detectou a presença dessa nova variável nesta criança”, afirmou Valero.

Segundo a Secretaria, “embora seja altamente contagiosa, a mutação não demonstrou sinais de grande risco para a maior parte da população”. “Até o momento, os relatos são de sintomas muito parecidos com os que são causados pela Ômicron original: febre, dor de cabeça, dor no corpo, dor de garganta e nariz escorrendo.”

Bivalente no DF

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) iniciou a aplicação da dose de reforço bivalente contra a Covid-19 para toda a população acima de 18 anos no dia 25 de abril. A lista com os postos que terão a vacina disponível será atualizada no site da secretaria.

Segundo o Ministério da Saúde, a nova dose é disponível para quem já completou o esquema primário com duas doses (no caso de quem recebeu Pfizer, Coronavac ou AstraZeneca, ou dose única, no caso da Janssen) e teve o primeiro reforço há, no mínimo, quatro meses.

O ministério ressalta que quem não completou o esquema vacinal também pode procurar os postos de saúde para atualizar a caderneta de vacinação.

Proteção

A Secretaria de Saúde do DF disponibiliza vacinação contra Covid para crianças a partir de 6 meses.

No caso dos bebês de 6 meses a 4 anos e 11 meses, é aplicada a Pfizer Baby. São três doses, com intervalo de quatro semanas entre as duas primeiras e de oito semanas entre a segunda e a terceira.

Mais de 81% da população da capital do país recebeu pelo menos uma dose da vacina e 78,5% completaram o esquema vacinal de duas doses. Porém, de acordo com a Secretaria de Saúde do DF, os índices são mais baixos em termos de doses de reforço e entre a população infantil.

A pasta informou que quase metade da população (48,9%) não recebeu nem uma dose de reforço. “Entre as crianças de 5 a 11 anos, 44,6% não tomaram a segunda dose. Na faixa etária de 3 e 4 anos, o índice sobe para 83,6%. Já entre os bebês de seis meses a dois anos, na faixa etária da criança diagnosticada com a nova sub variante, 91,1% não completaram o esquema vacinal duas doses”, enfatizou.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?

Notificações