Pelo 11º ano consecutivo, o Brasil participará do movimento Hora do Planeta, uma campanha global organizada pela ONG World Wide Fund for Nature (WWF), que usa o apagar de luzes das 20h30 às 21h30 como alerta para a conscientização em prol do meio ambiente. Em 2019, a iniciativa será realizada no dia 30 de março e mais de 40 cidades já confirmaram participação.

“A Hora do Planeta é um ótimo momento para prefeituras, empresas e indivíduos demonstrarem sua preocupação com o meio ambiente e sua relação na nossa qualidade de vida. O ato simples de apagar as luzes por uma hora deve ser um chamado para uma mudança de atitude ao longo de todo o ano”, afirma Mauricio Voivodic, diretor-executivo do WWF-Brasil.

“Nas próximas semanas, esperamos uma intensificação das inscrições em todas as áreas, promovendo uma grande mobilização no país, pela natureza e pelo planeta”, afirma, por sua vez, Taís Meireles, uma das líderes da Hora do Planeta deste ano.

Além das cidades e dos municípios, várias empresas também confirmaram sua participação, que vai desde o apagar de luzes até a realização de grandes eventos, passando pelo apoio na divulgação.

Entre as ações de destaque deste ano estão: o pedal noturno organizado pela Prefeitura de Campo Grande (MS), que fará um tour histórico sobre todos os monumentos locais, que estarão com as luzes apagadas; em Uberlândia (MG) será promovido um luau com escoteiros e várias instituições municipais; e a cidade de Palmas (TO) fará apresentações culturais acústicas, além da construção do símbolo da Hora do Planeta (+60) com velas.

Além disso, o próprio WWF-Brasil vai realizar e apoiar eventos em cada uma das cidades em que tem sede. Ainda estão sendo desenvolvidas ações em Brasília (DF), Fernando de Noronha (PE), Manaus (AM), Rio Branco (AC) e São Paulo (SP).

História
A Hora do Planeta nasceu em 2007, na Austrália, e em 2008 se tornou uma campanha global. O Brasil aderiu já no ano seguinte. Em 2018, a iniciativa alcançou 188 países e milhares de cidades, incluindo 100 prefeituras no Brasil. Mais do que os resultados de economia de energia, a campanha busca sensibilizar as pessoas sobre as mudanças climáticas e seu impacto na biodiversidade e na vida de todos, gerando resultados durante todo o ano. Prefeituras, empresas e indivíduos podem cadastrar suas ações no site oficial da Hora do Planeta.