Marinha abrirá inquérito sobre acidente que fez mulher perder o braço

Vítima, identificada como Deysivânia Costa do Rego de Paula, caiu da lancha em que estava e foi atingida pela mesma embarcação

atualizado 29/01/2022 19:57

Grupo demarca local de perigo no Lago ParanoáDivulgação Marinha Brasil

A Marinha do Brasil anunciou que irá abrir um inquérito para  apurar um grave acidente náutico que deixou uma mulher de 36 anos em estado grave. A vítima, identificada como Deysivânia Costa do Rego de Paula, caiu da lancha em que estava e foi atingida pela mesma embarcação.

A ocorrência foi resgistrada na tarde deste sábado (29/1), perto da orla do Pontão do Lago Sul, no Lago Paranoá. Deysivânia foi levada para o Hospital de Base do DF (HBDF) no helicóptero do Corpo de Bombeiros.

Em nota enviada ao Metrópoles, a Marinha informou que realizou “apoio no socorro à tripulação e um inquérito será instaurado para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente”.

O condutor da lancha, Bruno Lopes de Sousa, foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo. Ele foi conduzido à 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul), onde prestou depoimento.

Veja o momento do resgate:

0

Maior tragédia náutica do DF 10 anos depois: Imagination ainda assombra parentes das vítimas

“As equipes encontraram a lancha próxima ao Pontão, fizeram a retirada da vítima da água e iniciaram os procedimentos de primeiros socorros até a chegada do suporte médico avançado da aeronave do CBMDF”, informou a corporação.

Mais lidas
Últimas notícias