Marido da primeira paciente com coronavírus no DF está curado

Defesa agora quer o fim do isolamento social obrigatório imposto pelo TJDFT após pedido do GDF

atualizado 31/03/2020 17:57

O marido da primeira paciente diagnosticada com o novo coronavírus no Distrito Federal teve resultado negativo para a doença no último exame laboratorial. Com o resultado, a defesa pretende pedir o fim do isolamento domiciliar imposto pela Justiça.

O teste foi feito no Laboratório Sabin. A analise não detectou o novo coronavírus em André Luis Souza Costa da Silva, de 45 anos. Segundo a advogada dele, Claudia Rocha Caciquinho, médicos também atestaram que ele não está mais com a doença.

De acordo com Claudia Rocha, a defesa vai pedir o fim do isolamento obrigatório do cliente. Um dos principais objetivos de André é rever a esposa, internada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) em estado gravíssimo.

Segundo a Secretaria de Saúde, em nota enviada ao Metrópoles, o prazo da quarentena de André já se encerrou. No entanto, a esposa não pode receber visitas no momento em função do quadro delicado de saúde.

Em 24 de março, o Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) decidiu prorrogar o prazo do isolamento de André por mais 14 dias, conforme noticiado pelo Metrópoles. Agora, a defesa de André acionará a Justiça.

Veja o exame:

Exame do Sabin para coronavírus
Exame do Sabin para coronavírus
Últimas notícias