Loteria distrital é aprovada pela CLDF e terá gestão do BRB

A nova lei abrange modalidades de jogos como a loteria instantânea; menores de 18 anos não poderão fazer apostas

atualizado 10/05/2022 21:45

Divulgação

O projeto de lei que prevê a criação de uma loteria distrital foi aprovado na Câmara Legislativa do DF (CLDF) nesta terça-feira (10/5). O Banco de Brasília (BRB) será o responsável pela gestão de todo o processo.

A nova lei abrange modalidades de jogos como a loteria instantânea e de prognósticos numéricos e esportivos. Menores de 18 anos não poderão fazer apostas.

Além deste, outros 17 adendos ao projeto passaram pelo crivo dos parlamentares. Vários deles garantem destinação específica a parte do recurso adquirido com a loteria. Foram tantas destinações que o líder do governo na CLDF, deputado Hermeto (MDB), chegou a brincar que o vencedor da loteria “sairia com um centavo”.

O projeto com todas as emendas segue agora para sanção total ou veto parcial do governador Ibaneis Rocha (MDB).

Mais lidas
Últimas notícias