Lixão é desativado e transformado em área de lazer no Distrito Federal

Só neste ano, seis locais de descarte irregular de entulho em Samambaia foram transformados em áreas de lazer

atualizado 12/11/2020 16:12

Divulgação/GDF Presente

Os moradores de de Samambaia, mais especificamente da quadra 116, receberam uma boa notícia nos últimos dias. Equipes do programa GDF Presente atuaram no fechamento de uma área de descarte irregular de entulho na região e a transformaram o local em uma área de lazer.

Somente neste ano, seis espaços dessa natureza foram desativados. Todos passaram por revitalização, foram cercados com pneus e transformados em áreas de lazer e quadras de areia para uso da população.

A cada semana, a administração da cidade e o SLU recolhem, em média, 300 toneladas de lixo. Com apoio do programa, esse número duplica.  Só no caso da Quadra 116, foram recolhidas 20 toneladas de entulho.  Na avaliação do governo, ainda falta colaboração de alguns cidadãos, que insistem em jogar lixo em áreas inapropriadas.

“É quase um trabalho de ‘enxugar gelo’, mas em parceria com [a Secretaria] DF Legal, intensificamos a fiscalização e buscamos punir – só assim para não ocorrer reincidência”, destaca o gerente de obras da Administração Regional de Samambaia, Márcio de Souza Santos.

A técnica de enfermagem Karina Karen Trigueiro, 33 anos, mora em frente ao lixão desativado da Quadra 116 e elogia a operação do GDF.

Ela lembra que a administração limpava o local pela manhã, mas no final do dia, chegavam veículos descarregando restos de materiais de construção e móveis. “Acredito que depois do isolamento da área, vai ficar difícil o acesso dos carros”, comenta.

Em Samambaia, além da Quadra 116, também tiveram lixões transformados em áreas de lazer as quadras 312, 403, 416, 605 e 608. (Com informações da Agência Brasília)

0

 

 

Últimas notícias